cabecalho

Tradutor

ptenfrdeelites

Informação por email

Subscrever

Se quiser receber a informação do Sindicato por e-mail, inscreva-se aqui

Protocolos

logo medio1

Formação

Defender a ferrovia pública

ComboioAlgarveA degradação de todo o sector ferroviário decorre de um conjunto de políticas erradas, assente no desmembramento da CP em diversas empresas que, uma vez separadas, passaram a ter como objectivo os resultados individuais de cada ano, em detrimento do funcionamento do conjunto do sector comprometendo a componente pública do transporte ferroviário, a sua segurança, modernização e desenvolvimento

declaração conjunta de estruturas de trabalhadores e utentes

Boletim "Pare Escute e Lute"

Boletim Pare Escute e Lute Numero 01 Julho 2018No sector ferroviário tem-se desenvolvido uma intensa actividade e luta reivindicativa em defesa dos salários, da contratação colectiva, da segurança e dos postos de trabalho, contra o desmembramento das empresas e defesa da componente social do sector posta em causa pelas políticas de liberalização da União Europeia a que o governo do PS não se opõe.

Boletim da FECTRANS “Pare Escute e Lute” nº 01

Uma vitória da unidade na luta

BandeiraSNTSFOs sindicatos subscritores das greves em torno da questão da Segurança Ferroviária/Agente ùnico, firmaram um acordo hoje com o governo, que constitui mais uma vitória determinada pela unidade na luta dos ferroviários de todas as categorias profissionais, os quais saudamos.

Comunicado conjunto

Texto do acordo

Mais uma importante luta na defesa da segurança e dos postos de trabalho

Pare Escute LuteTerminou às 12 horas o período de greve no sector ferroviário, que se iniciou às 00h de dia 12 (ontem) nas empresas MEDWAY e TAKARGO até às 24h e que na CP decorreu entre as 12h de dia 12 de Junho, até ás 12 horas de hoje, com uma adesão quase total dos trabalhadores, que no que concerne à circulação ferroviária de passageiros e mercadorias, ficou reduzida aos denominados serviços mínimos.

Ler mais...

Continuar a luta

AgenteUnico Comunicado1Esta foi uma greve (de dia 4 de Junho) com um único destinatário – o Governo – que é a entidade responsável pela Regulamentação Geral de Segurança e é, portanto, quem tem que responder às reivindicações dos trabalhadores. Reivindicamos que fique garantido na regulamentação em vigor a norma igual para todos os operadores ferroviários, de que os comboios circularão com dois trabalhadores: um maquinista com responsabilidade pela condução do comboio e um agente de acompanhamento (ORC ou Operador de Apoio) que é o Chefe do Comboio. Esta regra não pode ficar ao arbítrio de cada operador que decidiria a cada momento se operaria ou não em regime de agente único.

Comunicado conjunto

Saudação aos ferroviários

BandeiraSNTSFA direcção do SNTSF saúda todos os ferroviários pela determinação e unidade na luta de hoje, em defesa da segurança ferroviária e dos postos de trabalho.

Ler mais...

Ficha Inscrição

Sindicaliza teFicha de inscrição de associado

Ponto Seguro

ponto seguro