cabecalho

Tradutor

ptenfrdeelites

Placard Sindical

placard sindical site

Saúde e Actividades Diárias

Damos conhecimento do manual emitido pela DGS sobre Medidas Gerais de Prevenção e Cont [ ... ]

ADAPTAR OS LOCAIS DE TRABALHO / PROTEGER OS TRABAL...
ADAPTAR OS LOCAIS DE TRABALHO / PROTEGER OS TRABALHADORES

Divulgamos o documento Informativo da ACT que contem 19 recomendações de protecç [ ... ]

Publicados

Informação por email

Subscrever

Se quiser receber a informação do Sindicato por e-mail, inscreva-se aqui

Protocolos

logo medio1

Empresas antecipam-se ao estado de emergência?

Assembleia RA falta de respostas ao SNTSF, leva-nos a questionar se as empresas onde temos intervenção, antes de ter sido decretado o 1° estado de emergência já sabiam que os sindicatos iam ser postos de parte no 2º estado de emergência, como foi proposto pelo Presidente da República e aprovado na Assembleia da República com os votos a favor do PS; PSD e BE.
Até ao momento a maioria das empresas não responderam ás questões por nós solicitadas.

O SNTSF tem intervindo e transmitido as preocupações dos trabalhadores, nomeadamente aos vários critérios na abordagem à pandemia do coronavírus COVID 19. Algumas chefias intermédias não tomaram medidas nem cumpriram ou elaboraram os planos de contingência. Em alguns postos de trabalho, falta materiais de proteção, higienização e desinfeção dos postos de trabalho e não há desinfeção do material circulante. Tem sido muitas as anormalidades que constatamos e alertamos ás administrações que tomem medidas.
Pois, não ficamos de parte neste período difícil e doloroso para todos os trabalhadores. O SNTSF está e continua ao lado de todos denunciando e intervindo na defesa dos seus direitos, por melhores condições de vida e de trabalho, na defesa da contratação colectiva, e neste período difícil e controverso estaremos atentos na defesa dos cuidados de saúde para enfrentar esta pandemia.
Perante as consequências económicas e as crescentes dificuldades de algumas empresas ou pelo aproveitamento da situação por sectores do patronato, milhares de trabalhadores estão a ser confrontados com despedimentos, perdas de salário, férias forçadas e outros ataques aos seus direitos.
Neste contexto importa valorizar a luta travada pelos trabalhadores, que continuam a desenvolver nas empresas, locais de trabalho, contra esse abuso e em defesa dos seus direitos.

Videos

Ficha Inscrição

LOGOTIPO SINDICALIZACAO

Ponto Seguro

ponto seguro